segunda-feira, 31 de julho de 2017

Como diminuir a chance da endometriose voltar depois da cirurgia?

Bom, acaba de sair mais um artigo científico que reforça a necessidade de bloqueio da menstruação após a cirurgia.
Já são vários, e com diversos tipos de medicação.
Uma das perguntas que mais escuto no consultório, após indicar a cirurgia é: " doutor, tem risco da endometriose voltar?" Esse sem dúvida é o grande temor das portadoras, a doença voltar e ter que operar novamente!
Quando vamos olhar a literatura médica sobre este assunto (recidiva da doença) a única evidência disponível se refere ao uso de contraceptivos hormonais, ou progesterona, de preferência de forma contínua.
E agora, em estudo que avaliou mais de 100 mulheres operadas por endometriose, um grupo de Universidade do Japão mostrou a doença apareceu no ovário (endometrioma) em apenas 5% das mulheres que utilizaram dienogeste após a cirurgia. Já naquelas que ficaram sem medicação, a taxa foi de mais de 30%. Já, no que se refere a dor, 12% das que ficaram sem dienogeste referem retorno das dor, contra nenhuma das que usaram a medicação!
Apesar de haver, ainda, várias dúvidas sobre a origem da endometriose, é fato que a doença precisa de menstruação para acontecer. Portanto se após a cirurgia a mulher ficar menstruando por muito tempo, a chance da doença voltar aumenta!
Por esse fato, costumo indicar o bloqueio da menstruação em longo prazo, até que haja desejo de gestação, em todas mulheres operadas por endometriose!


Copyright © Clínica Dr. Eduardo Schor - Endometriose - CRM-SP 77183. Todos os direitos reservados. Design por Winplex no Brasil.